Assim como num determinado lugar nunca circula os mesmos ventos, na minha vida não circulará as mesmas atitudes e sentimentos. Assim como o vento, preciso circular, mudar ações, sair da rotina, sair do alento.
Preciso colocar para fora esse "gás carbônico" que me consome trocar o ar, respirar algo a mais que me falta, sempre faltou algo; mas como todo "vaso", não nasci pra ficar vazio.
No momento não quero saber o segredo da vida vai que eu descubro e não gosto ?! Afinal coisas boas, não necessariamente, precisam ser descobertas e questionadas se é bom, e não prejudica alguém. Então que seja sentido! Há quem fale no quinto sentido, mas o que é mesmo esse quinto sentido? Há quem tenha o quinto sentido; Bom...meu coração é meu primeiro sentido,depois penso nos outros quatro, ou seja lá quantos forem.
Enfim...ache o que preenche sua vida,não se apegue ao bem material, pois mesmo depois de ter todas as coisas, ou quase todas, sinto que algo ainda não está completo,algo ainda falta...

Texto de Rodrigo Andrade

Leave A Comment

Tecnologia do Blogger.